sexta-feira, 28 de março de 2008

Escolhendo a base, cara pálida!


Índio quer passar base!
Eu tenho a pele extremamente oleosa então sofri para encontrar as eleitas no quesito base. A primeira dica que eu dou é a seguinte: seja cara de pau, teste mesmo. Vá naquela loja que tem trocentas marcas e peça para passarem o tester, pergunte a cor que indicam, mas sempre pense o seguinte: Na loja a luz nem sempre é a melhor.
Base pra mim é um exercício de paciência, tem que ser perfeita. A pele pode fazer ou destruir uma maquiagem, não é um olhão bem feito que vai desviar a atenção da pele, a pele mal feita, com base mais clara, ou mais escura desvia a atenção de todo o resto.
Então vamos falar um pouco sobre base. A maioria dos maquiadores precisa ter várias cores, para toda a enorme variedade de tonalidades de pele que encontramos pela frente. Para uma pessoa que gosta mais de maquiagem duas cores são ideais, uma na sua cor e uma mais escura para o verão. Para quem acha tudo isso muito complicado, uma só está mais do que bom, com um bom pó bronzant a gente dá o tom de verão da pele.
Eu tenho duas bases preferidas: Teint Idole Ultra, Lancôme e Cobertura Média Mary Kay. Essas são minhas bases líquidas, as em pó falarei em um post mais adiante. Essas bases especificamente conseguem segurar a oleosidade da minha pele e tem ótima cobertura. Uso pouquíssimo corretivo, pois elas já deixam a pele bem uniformizada.
Para minha cor eu uso a cor 03 da Teint Idole e a cor 302 da Mary Kay. Ambas puxam ligeiramente para o caramelo, pois tenho tons avermelhados no rosto, enquanto no corpo o amarelado é maior. Uso para igualar.
No verão uso a base Dior Flash e Mary Kay na cor 400, mais escuras do que o normal para igualar também com o corpo. Não tomo sol no rosto para evitar o envelhecimento precoce na pele, já não tomo sol no rosto há uns anos.
Eu passo a base de três formas: esponja, pincel e com as mãos. Sendo sincera, uso as mãos 98% das vezes... Passo como se fosse uma pintura indígena. Três traços na testa, dois na bochecha e um no queixo. Espalho bem do centro do rosto para fora. ATENÇÃO ESPECIAL A RAÍZ DO CABELO! Ali que fica muitas vezes marcado aonde começa a base, puxe delicadamente a coloração mesclando com a pele, dando muita atenção também as laterais do rosto e pescoço.
Dica: Depois de experimentar a base na loja, experimente tirar uma foto. Nada como uma foto para ver se a base está clara ou escura.

6 comentários:

Vanessa Carioca disse...

Oi Li!

Eu estou usando atualmente a líquida da NYX, cor 11.
Também tenho a pele super oleosa.

Beijos

Mah disse...

Eu tenho a pele oleosa tb, vou experimentar essa da Lâncome. E tenho um agravante eu tenho franjinha e ali fica tapado, contribuindo pra testa suar e ficar brilhosa.... :(

Andrea disse...

As suas favoritas tambem sao as minhas :) Adoro :) Mas tenho usado pouco base liquida, ando com preguica de aplicar hehehehe

Tb gosto de bater foto pra ver se a cor ficou ideal...

E quando eu to um tico mais clara que a base, nada como umas pinceladas gordinhas de po bronzeador hehehehe

Bjs

Érika disse...

Dicas preciosas!!!:)
Queria pedir pra quando você falar sobre base em pó falar um pouquinho da iluminadora tbm,em que ocasião usar,como usar..
Parabens pelo blog,tá divino e tá salvando minha vida!uhuauahuahu
Bjoo
:o****

Curioux disse...

Cara, adorei a dica de tirar foto depois de testar. Queria tanto essa base da mary kay, mas morro de medo de comprar a cor errada =(
bjuuuuu

Myla disse...

Eeee Li, conseguiu fazer a paradinha dos marcadoresss :)
Eu tô com o código do arquivo do blogger, vou te mandar no e-mail pra vc mudar tb :)
Beijoss

 
template by suckmylolly.com